Glossário de decoração e arquitetura

Quais os termos de construção e arquitetura que vocês sempre têm que explicar o significado para os clientes? Compartilhe sua história aqui!

Exibições: 814

Responder esta

Respostas a este tópico

Por incrível que pareça sempre tenho que explicar o que é pé direito, umbral, sem dizer que alguns utilizam o termo soleira para peitoril de janela.Lembrei somente desses,mas tem outros.Rsrs...

Muita coisa: pé direito, verga, voltagem, amperagem, IRC, Kelvin, projeção, ralo seco/sifonado, caixilho, corte e elevação, graute, concreto magro... vai longe... Mas é bom explicar, pois o cliente se sente mais seguro e confiante no nosso trabalho.

Planta baixa, vista e corte. Layout. Lâmpada quente e fria. Projeto de Supervisão (CFTV). Tomadas de uso específico e tomada de uso comum..  

Tive uma cliente que não consegui entender a diferença entre pilar e viga, hora chamava tudo de viga ou hora tudo de pilar...As vezes eu mencionava coluna para tentar melhorar o entendimento do pilar, mas não adiantava, e aí eu fazia que entendia as "vigas e pilares" dela...   

Ola sou designer de interiores e tenho que explicar o que é peitoril, exaustão forçada, diferença entre mármore e granito, cuba de apoio e sobrepor. A diferença piso laminado e vinílico. O porque o gesseiro nao faz eletrica e vice-versa. Diferentes acabamentos das tintas. Ate sobre a norma NBR 16280 e tem muito  mais.

Na verdade, é sempre necessário explicar um pouco de tudo para os clientes, fato que como leigos não compreenderão muitos dos termos técnicos. Sempre com paciêcia explico o necessário. O que me incomoda de verdade é sempre precisar explicar a diferença entre Arquiteto e Designer de Interiores e as vezes até do engenheiro. Essa não informação sobre a colocação de cada profissional é o mais complicado. Sou Designer de Interiores a 13 anos e ja tive e continuo explicando as minhas competências diariamente. 

Existem vários termos, mas constantemente tenho que explicar o que é pérgola ou pergolado... aí sempre uso uma imagem pro cliente entender... rsrs

Se não cuidarmos, nós arq

Como trabalhamos na linha moveleira, surge muitas dúvidas principalmente na cozinha. Soco, saia, roda banca , pé direito , boneca, envoltório, corrediça light , corrediça larga, entre outros...

Vou postar novamente meu texto que sumiu:

Se não cuidarmos, acabamos usando termos tão técnicos que nenhum cliente entende. Viga invertida, forro tabicado, contraventamento, só pra citar alguns!

O cliente constrangido muitas vezes não pergunta o que é com medo de parecer desinformado e aí inicia a confusão e o resultado disso se reflete na obra.

Para diminuir esse problema vale lancar mão de fotos de referência, mostrar em outra obra ou mesmo fazer um croquis explicativo na frente do cliente.

SAO VÁRIOSOS TERMOS:

LUMINOTECNIA

AR 48,70,111

 

DIFERENÇA ENTRE REATOR, TRANSFORMADOR, FONTE, DRIVER

 

LEDS

 

 

 

 

 

Em meu dia a dia de trabalho me dirijo ao cliente somente com a apresentação dos trabalhos em planta  e 3D, o que facilita mais a compreensão do projeto. o complicado é ir em obra e debater termos mais técnicos, mas como estamos sempre aprendendo e adequamos ao coloquialismo das pessoas, os termos mudam de região pra região, trabalho no Rio e em Minas e vejo diferenças gritantes entre alguns termos.

Exemplo: Viga de fundação = cinta

               Pilar que em alguns lugares = pilastra, coluna

               Viga = cinta aérea

               

Então quando já sabemos que isso pode acontecer, devemos está atentos às explicações e como inserem estes temos no contexto pra não ficarmos perdidos.

rsrsrs

Responder à discussão

RSS

Membros

ENCONTRE

Veja alguns dos tipos de projetos que você vai encontrar aqui:

Assine já!

O território de Fernanda Young

© 2017   Criado por CasaPRO.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço